segunda-feira, 28 de março de 2016

Henrique Alves deixa o Ministério do Turismo; PMDB pode deixar Governo

Peemedebista potiguar entregou o cargo na noite desta segunda-feira (28); o partido decide amanhã se fica ao lado de Dilma Rousseff Henrique :entrega o Ministério do Turismo um dia antes de o PMDB decidir se continua a apoiar o governo

Por: Da Redação do PN
28/03/2016
Foto: Ig
Nesta terça-feira dia 29, véspera da reunião do PMDB para decidir se o partido vai continuar a apoiar o governo Dilma Rousseff ou abandona-lo, o potiguar Henrique Alves, ministro do Turismo, anunciou sua saída do cargo. Integrante da cúpula do PMDB, Henrique escreveu em sua carta de demissão que não poderá abandonar Michel Temer, presidente do partido, chamado de "companheiro de muitas lutas".

Henrique procurou não ser explícito na ruptura com o governo na carta em que comunicou o afastamento. O ex-presidente da Câmara ds Deputados disse ter sido uma decisão "difícil", mas "consciente e coerente... na luta por um Brasil melhor". "Estou certo de que, sendo a Senhora alguém que preza acima de tudo a coerência ideológica e a lealdade ao seu próprio partido, entenderá a minha decisão".

Sem o cargo, Henrique passará a não ter foro privilegiado, já que está sem mandato.

Os diretórios de pelo menos 14 Estados apoiaram que o partido abandone a presidente Dilma e entregue os cargos que têm no governo. O PMDB tem atualmente os seguintes ministérios:

Kátia Abreu - Agricultura, Pecuária e Abastecimento
Mauro Lopes - Aviação Civil
Helder Barbalho - Portos
Marcelo Castro - Saúde
Eduardo Braga - Minas e Energia
Celso Pansera - Ciência, Tecnologia e Inovação

 

Fonte: Com Informações do IG Portal

Nenhum comentário: