domingo, 28 de dezembro de 2014

EUA oferecem ajuda para busca por avião desaparecido da AirAsia

Noite interrompeu buscas; avião sumiu após decolar da Indonésia.

Um passageiro viajava com passaporte norte-americano, dizem EUA.

Do G1, em São Paulo
Familiar mostra foto de passageiro do voo desaparecido que, segundo ele, foi tirada antes do embarque no voo QZ8501 (Foto: AFP Photo / Aman )Familiar mostra foto de passageiro do avião desaparecido que, segundo ele, teria sido tirada antes do embarque no voo QZ8501 (Foto: AFP Photo / Aman )
O Departamento de Estado dos Esados Unidos declarou que o país está pronto para ajudar nas buscas pelo avião da AirAsia que desapareceu neste domingo (28) após decolar da Indonésia.
VALE ESTE: Arte voo AirAsia (Foto: Arte/G1)
Neste domingo, um Boeing da Força Aérea da Indonésia, três helicópteros e seis navios participaram das operações de rastreamento, enquanto Cingapura ajudou com outro avião, um C130. A Indonésiainterrompeu as buscas pelo avião porque anoiteceu no país. A operação será retomada às 6h desta segunda-feira (21h deste domingo, no horário de Brasília).
“As autoridades na região estão liderando as buscas pelo avião desaparecido. Como fizemos no passado, os Estados Unidos estão prontos para ajudar de qualquer maneira que seja útil”, disse o Departamento de Estado em comunicado.

O órgão também afirmou que um dos 155 passageiros que estavam a bordo do avião viajava com passaporte norte-americano. O avião transportava 162 pessoas, sendo sete tripulantes. De acordo com lista divulgada pela AirAsia, entre os passageiros havia 149 indonésios, 3 sul-coreanos, 1 malaio, 1 cingapurense e 1 britânico. E entre os tripulantes, 6 indonésios e 1 francês.
O mau tempo dificultou as ações, realizadas em uma área de quase 200 quilômetros quadrados. A visibilidade no local, sergundo a Marinha, variou entre dois e 5 quilômetros.
Segundo porta-voz do Ministério dos Transportes da Indonésia, o Airbus A320-200 perdeu contato com o controle de tráfego aéreo de Jacarta às 6h17 (horário local; 20h17 de sábado, 27, no horário de Brasília). O avião desapareceu ao voar sobre as águas ao sudoeste da ilha de Bornéu.
A empresa malaia AirAsia informou que o piloto solicitou mudança na rota devido ao mau tempo. “O avião pediu um desvio devido às condições meteorológicas”, disse a companhia em um comunicado publicado em sua página no Facebook.
O voo QZ-8501 havia partido do Aeroporto Internacional Juanda, em Surabaia (Java Oriental), às 5h20 (19h20 no horário de Brasília), com previsão de pouso em Cingapura às 8h20 (22h30 no horário de Brasília). O Airbus desapareceu cerca de 40 minutos após decolar.

Um funcionário da agência disse ao jornal indonésio "Jakarta Post" que acredita queprovavelmente o Airbus caiu no mar próximo à ilha de Belitung, entre Sumatra e Bornéu.

Esecialistas ouvidos pela BBC dizem que as péssimas condições climáticas e uma perda repentina de velocidade são fatores que podem estar relacionados com o sumiço do
avião.
Foto tirada em maio deste no aeroporto de Kuala Lumpur mostra Airbus A320-200 da AirAsia, similar ao que desapareceu (Foto: Joshua Pau/AP)Foto tirada em maio deste no aeroporto de Kuala Lumpur mostra Airbus A320-200 da AirAsia, similar ao que desapareceu (Foto: Joshua Pau/AP)

Nenhum comentário: