terça-feira, 17 de setembro de 2013

Seria um dos sinais da marca da besta no Brasil, ou simplismente uma forma de segurança ?


 
Ana Maria Braga apresenta em seu programa o chip RFID, um pequeno objeto que as elites pretendem usar em todos os seres humanos, que servirão como “dinheiro digital” substituindo o dinheiro “vivo” e os cartões eletrônicos. Todas as transações financeiras serão feitas eletronicamente e portanto todos os dados pessoais de todas as pessoas serão controlados pelos Estado.


 
Em 1998 uma experiência feita com implantes de RFID foi conduzida pelo professor britânico de cibernética Kevin Warwick, que implantou um chip no seu braço. A empresa Applied Digital Solutions propôs seus chips “formato único para debaixo da pele” como uma solução para identificar fraude, segurança em acesso a determinados locais, computadores, banco de dados de medicamento, iniciativas anti-sequestro, entre outros. Combinado com sensores para monitorizar as funções do corpo, o dispositivo Digital Angel poderia monitorizar pacientes. O Baja Beach Club, uma casa noturna em Barcelona e em Roterdã usa chips implantados em alguns dos seus frequentadores para identificar os VIPs. Em 2004 um escritório de uma firma mexicana implantou 18 chips em alguns de seus funcionários para controlar o acesso a sala de banco de dados. Recentemente, a Applied Digital Solutions anunciou o VeriPay, chip com o mesmo propósito do Speedpass, com a diferença de que ele é implantado sob a pele. Nesse caso, quando alguém for a uma caixa electrónica, bastará fornecer sua senha bancária e um scanner varrerá seu corpo para captar os sinais de RD que transmitem os dados de seu cartão de crédito.

Nenhum comentário: