quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Mãe Usuaria de Drogas Admite assassinado bebê de oito meses durante o carnaval em Natal

 


Mais um crime bárbaro foi elucidado no Rio Grande do Norte. Na manhã de hoje (20), Josenilde Lopes de Mendonça, de 35 anos, admitiu que matou o filho de oito meses na madrugada de sexta para sábado, no Carnaval. De acordo com a mulher, o crime ocorreu durante um surto provocado por ingestão de bebida alcoólica e drogas.
 
Em depoimento ao delegado Sílvio Fernando, responsável pela investigação, Josenilde Lopes confirmou que matou o filho no apartamento em que vivia com o bebê, no bairro de Nova Descoberta, zona Sul da capital potiguar. A mulher é usuária de drogas e confirmou que já passou por três internações, sendo uma em Fortaleza e outra no estado de São Paulo.
 
Segundo relatos à polícia, Josenilde Lopes ficou atordoada após ter cometido o homicídio e perambulou por Natal até ontem, quando foi encontrada por policiais na estrada da Redinha. Ela havia consumido álcool e drogas durante todo o período em que andou pela cidade e disse que cogitou se jogar da ponte Newton Navarro, arrependida pelo crime.
 
Logo após ser abordada por policiais, a mulher negou o homicídio, mas admitiu hoje ao delegado Sílvio Fernando que ela foi a autora do crime, mesmo sem lembrar detalhes do que realmente ocorreu. O laudo sobre a morte da criança confirmou que a morte ocorreu devido a uma “ação contundente”, que foi uma pancada na cabeça do bebê.
 
De acordo com Josenilde Lopes, ela nunca foi agressiva com o filho e não havia disputa com o pai da criança pela guarda do bebê, registrado como Rodrigo Ramón Ramalho dos Reis Segundo.
Após o depoimento e exame de corpo de delito, Josenilde Lopes será levada para o Centro de Detenção Provisória Feminino de Parnamirim.
 
Tnonline

Nenhum comentário: