terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Água para Todos , ou para zona rural ? foi pauta de reunião da Governadoria

Rio Grande do Norte-96h25min.

                                              

A reunião aconteceu na tarde desta segunda-feira (30), na Governadoria. Em pauta, o programa Água Para Todos, uma iniciativa do Governo Federal voltado para o semiárido nordestino, como uma das âncoras do plano de erradicação da miséria.

A governadora Rosalba Ciarlini recebeu o secretário de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional (MI), Sérgio Duarte de Castro, para discutir detalhes do Termo de Cooperação que será assinado com o Governo do RN para implantação e execução do Programa aqui no Estado. “O objetivo do programa é universalizar o acesso à água para a população rural.

 Estamos aqui discutindo exatamente os detalhes da elaboração do Termo de Cooperação, que deve esboçar a realidade do Rio Grande do Norte no tocante ao abastecimento de água da população rural”, explicou Sérgio de Castro.

O representante do MI disse também que o Programa prevê o abastecimento de água para consumo humano, construção de cisternas e sistema simplificado de abastecimento para produção agrícola, além da distribuição de kits irrigação.

O termo de Cooperação esta sendo elaborado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) e será encaminhado ainda esta semana para o Ministério da Integração Nacional. A expectativa da Governadora é que depois do carnaval, o Termo esteja pronto para que o ministro Fernando Bezerra Coelho venha ao Estado para a assinatura do documento.
“Estamos no processo de levantamento da demanda aqui do Estado. Essa iniciativa do Governo Federal em levar água até as comunidades rurais é também uma prioridade do nosso Governo. Esse programa se encaixa perfeitamente com a meta que tracei, de sanear 85% do RN até o final do meu Governo, e abastecimento e saneamento andam juntos”, disse Rosalba.

Participaram da reunião o secretário chefe do Gabinete Civil, Anselmo Carvalho, e o secretário de Estado da SEMARH, Gilberto Jales

Nenhum comentário: