sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Comparthem Ameaça crescente com o Zika Vírus

 


Cheguei agora há pouco de uma reunião no CRM (Conselho Regional de Medicina) sobre Zika Vírus. A situação é alarmante! Nem nós, como médicos, imaginávamos tamanho problema!
Só pra se ter ideia, o vírus pode ser transmitido através do esperma! Outro problema é que a pessoa pode ter a infecção sem aparecer sintoma algum.
Dentre as consequências, não é apenas a microcefalia que tanto se fala na mídia, mas o que se tem visto é uma verdadeira deteriorização do sistema nervoso dos bebês acometidos, com consequências graves no desenvolvimento da criança. Não existe tratamento, até o momento para a doença.
Exame, apenas nos 5 primeiros dias dos sintomas, depois não dá pra saber nem se você teve a doença! Também não se tem ideia de quanto tempo a pessoa infectada transmite o vírus, depois que os sintomas desaparecem.
 
Diante disso, a população deve tomar suas providências, pois esperar algo do governo sempre foi complicado. É preciso nosso esforço no combate aos criadouros de mosquitos, pratos de plantas, ralos q não são utilizados com frequência, pois os ovos do mosquito ficam viáveis até 1 ano sem ter contato com água, e bastando esse contato, novos mosquitos nascerão.
O pessoal da vigilância epidemiológica também pede esperar ao menos esse período mais crítico (que deve durar uns 8 meses) para engravidar.
 
Além disso, principalmente para as gestantes, uso de roupas que cubram o corpo (não basta ser saia ou vestido longos), repelentes indicados pelo médico do pré-natal, mosquiteiros ou telas…
A população precisa ser orientada, educada para isso, cada um é responsável pelo bebezinho que vai nascer na sua vizinhança!
 
Isso é muito sério! Fiquem com Deus!
* Texto enviado por uma médica neonatalogista do Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro (CEPERJ) para colegas médicos.
Categoria(s): Saúde

Nenhum comentário: