segunda-feira, 10 de agosto de 2015

PRÊMIO: alunas do ensino médio de Antonio Martins irão representar o Brasil em feira internacional no Peru



VIDEO FEITO E COMENTADO POR IRMAO ZIZI EM 2012

HÁ 3 ANOS ATRAZ  EU FIZ UM TRABALHO DE INCENTIVO DE  PRESERVAÇÃO A ESTE
SITIO ARQUEOLOGICO NA ZONA RURAL SITIO RAMADA MESMO SEM TER MATÉRIAIS DE QUALIDADE NAQUELA ÉPOCA ,  HOJE ME SINTO FELIZ POR ESTES ALUNOS DE MINHA CIDADE SEREM SELECIONADOS PARA REPRESENTAR A CIDADE DE ANTÔNIO MARTINS E O  BRASIL NO PÉRU ONDE ACREDITO QUE PODERÁ SER MELHOR VISTO E QUEM SABE FAZEREM UM BOM TRABALHO DE  PRESERVAÇÃO EXISTE  OUTRO LUGARE EM NOSSO MUNICIPIO QUE JÁ VIZITEI E TENHO ARQUIVOS MUITO MAIS DO QUE NO SITIO RAMADA MAIS QUE CORRE O RISCO DE NEM MAIS EXISTIR  








Com o projeto intitulado “Conservação e Valorização dos Registros Rupestres do Sítio Ramada, município de Antônio Martins-RN”, uma equipe de estudantes do ensino médio de Antonio Martins foi selecionada para representar o país na XXIII Feria Escolar Nacional de Ciencia y Tecnologia – EUREKA 2015, a realizar-se de 9 a 13 de novembro de 2015, na cidade de Lima, capital do Peru.

Cursando o 2º Ano da Escola Estadual Gov. Walfredo Gurgel, as alunas Ákila de Mesquita Silva, Sabrina Gomes da Silva e Apolônia Dantas Brasil realizaram uma minuciosa coleta de informações acerca do passado arqueológico do local.

Concluído o estudo de campo, as três fizeram a catalogação desses vestígios baseada nos diversos elementos encontrados através de pesquisas.

“Elas constataram o abandono do sítio arqueológico e a necessidade de preservar os antigos sinais da presença humana na Ramada”, ressaltou a professora Ivana Vieira, responsável pela orientação pedagógica das alunas.

A educadora acompanhou as estudantes em todas as etapas de pesquisa e também defende que haja uma valorização maior desse patrimônio histórico.

“É preciso que as pessoas tomem conhecimento desse rico acervo arqueológico existente em nosso município para que possamos preservá-lo”, disse Ivana Vieira.

Até serem selecionadas para competir em nível internacional, as alunas percorreram um longo caminho, tendo que disputar com estudantes de todo o Brasil.

Para chegar lá, elas tiveram que garantir o 1º lugar na área social da Feira de Ciências do Semiárido Potiguar, promovida pela UFERSA, em outubro de 2014.

Antes disso, porém, elas participaram da feira de ciências da escola, em Antonio Martins e, em seguida, da etapa regional, em Umarizal.

O prêmio de iniciação científica pela turma foi conquistado na seletiva nacional 2015 do Programa Jovens Inovadores da Rede POC – Programa de Olimpíadas de Conhecimento.

Apenas outros quatro projetos foram selecionados para representar o Brasil na delegação que vai para o Peru. A viagem está marcada para o mês de novembro.

Em Antonio Martins, a torcida e o incentivo da população tem sido grande para que as meninas conquistem a premiação, o que traria visibilidade ao município e chamaria atenção para a necessidade de se preservar tal patrimônio histórico.

Feliz e motivada com o resultado obtido, a professora Ivana Vieira, que também leciona na rede municipal de Educação, revelou que vem orientando seis projetos de alunos do 9º Ano da Escola Municipal José Inácio de Carvalho

Nenhum comentário: