terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

José Agripino (RN), classificou a mensagem da presidente Dilma Rousseff como uma compilação de promessas feitas e não cumpridas.

Agripino sobre mensagem presidencial: “Não passou de uma intenção política”

Brasilia-DF-Politica.

O presidente nacional do Democratas, senador José Agripino (RN), classificou a mensagem enviada pela presidente Dilma Rousseff na abertura dos trabalhos do Congresso Na tarde desta segunda-feira (2), o primeiro secretário da Mesa do Congresso, Beto Mansur (PRB-SP), leu a mensagem presidencial no plenário da Câmara. O texto, entregue pelo ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, fez um balanço de 2014 e listou as prioridades para 2015.
“Mensagem da presidente da República não tem hoje significado algum. Não passou de uma intenção política”, disse Agripino. “Tudo que se fala neste governo, se fala com descrédito. A começar por este pecado mortal que, em qualquer país do mundo civilizado, geraria um processo de impeachment: R$ 2,7 bilhões jogados fora, como foi o caso das duas refinarias anunciadas, mas extintas para o Nordeste. Outro caso foi a manobra do governo para extinguir a Lei de Responsabilidade Fiscal”, acrescentou o senador.
Em relação à eleição para a Presidência do Senado, em que venceu o senador Renan Calheiros (PMDB-AL), Agripino voltou a dizer que a oposição apoiou o nome de Luiz Henrique (PMDB-SC) por acreditar na necessidade da mudança na Casa. “Uma banda do Senado gostaria muito de ter uma Mesa em que cada senador tivesse orgulho de ser senador e uma outra banda que, por conveniências, resolveu manter o status quo e agiu contra a opinião pública”, afirmou Agripino.

Leave a Reply

Nenhum comentário:

Nota de falecimento e convite sepultamento do jovem Francisco Gerliandro Antônio Martins RN Sítio Melancia

Faleceu ontem no sitio Melancias Município de Antônio Martins, o jovem Francisco Gerliandro de Queiroz Oliveira o mesmo contava com a idade ...